quinta-feira, 9 de abril de 2009

Não há tempo que volte...


É, as vezes bate uma coisa estranha e eu tenho meus momentos de reflexão. Hoje é um desses dias. Parei pra refletir no tempo que eu perdi não aproveitando ao máximo os momentos que a vida me proporcionou. Só resta olhar pra trás agora e dizer 'como eu me arrependo'. No fim do ano passado aconteceram uns probleminhas, daqueles que você não sabe o por que de ter aparecido nem como sair deles sozinho. Eu estava pra baixo, e sempre com o sentimento de que estava faltando algo. Deixei de aproveitar muito. Fim das aulas, formatura, natal, ano novo, férias. As tão esperadas férias acabaram se transformando em rotinantes dia após dia. Odeio rotina, mas parece que isso tinha se tornado hábito contra minha própria vontade. Enfim, os dias se passavam e os momentos não tinham significado algum pra mim. Hoje, mesmo sabendo que isso tudo que aconteceu era forte demais, fui capaz de perceber que era muito mais forte que isso. Tenho orgulho de mim mesma em olhar pra trás e ver que a vida é uma só, os momentos são únicos, e nunca mais voltarão. E posso parar pra perceber que uma parte da minha vida ja se foi, resta saber se vou saber aproveitar ao máximo a outra parte que ainda me resta.
"E não há tempo que volte amor, vamos viver tudo que há pra viver..."

Um comentário: